Mercado das Flores - Dia de FinadosEspaço é aberto às quartas-feiras e sábados, das 5h às 11h

Com a aproximação do Dia de Finados – 2 de novembro – o Mercado de Flores da Ceasa do Grande ABC deve atrair cerca de 2,5 mil visitantes na semana que antecede a data. No mesmo período do ano passado, o local recebeu aproximadamente 1,8 mil clientes. Em semanas normais, o espaço recebe mais de 1,5 mil pessoas, e durante a Primavera o número chega a 2 mil.

O equipamento, que funciona às quartas-feiras e sábados, das 5h às 11h, dispõe de uma variedade de flores, folhagens, acessórios, componentes para confecção de coroas, forração, bonsais e paisagismo, como arranjos artificiais, árvores de pedra e enfeites para jardim. Desde o início da Primavera, o local registrou um aumento de mais de 35% de visitantes.

Até o dia 30 de outubro, o Mercado de Flores deverá chegar à marca de 65 mil clientes que por lá passaram, desde que foi ativado para comercialização, em abril de 2009. O público é constituído, em sua maioria, por donos de floriculturas. Entretanto, tem crescido consideravelmente a frequência de pessoas apaixonadas pelo segmento.

As flores mais procuradas para esta época do ano são os crisântemos. “Seus preços devem variar entre R$ 20 e R$ 25, a caixa com seis vasos. Acreditamos que as vendas aumentem em até 20% só nesta semana”, destaca o técnico agrícola e responsável pelo local, José Marcelo Lisboa.

Com 900 m², o Mercado de Flores é o maior do segmento no ABC e foi inaugurado em dezembro de 2008. Atualmente conta com 42 módulos usados por 26 comerciantes. Os produtos vêm de diversas regiões do Estado, como Bragança Paulista, Jacareí, Mogi das Cruzes e Atibaia. A valorização do mercado constitui um dos princípios da Ceasa do Grande ABC, que é abastecer a região, dando ao público consumidor a oportunidade do acesso a produtos de qualidade.

O site www.ceasagrandeabc.com.br disponibiliza aos interessados a cotação semanal, que serve como embasamento para a realização de compras. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4996-9500, ramais 2031 ou 2072.

Curiosidades de um floricultor

Flores podem render um ótimo negócio. E para o produtor e floricultor Leandro Aparecido Pereira de Souza trabalhar com flores lhe traz muita alegria. Atuando no ramo há mais de 13 anos, ele afirma com segurança que gosta do que faz e que, além do sustento digno que consegue obter com a venda de seus produtos, adquiriu muitos clientes e amigos no decorrer de sua jornada.

Vindo de Bragança Paulista (a cerca de 100 km da Capital) para o Mercado de Flores e também para a Feira de Flores da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), Souza conta que produz, em média, 10 mil dúzias de rosas ao mês. “Os tipos mais procurados são rosas e lisiantos, os quais vendo cerca de 2,5 mil dúzias e 5 mil buquês por semana, respectivamente”, destaca.

Antes de trabalhar com flores, Souza cultivava e vendia morangos. “Mas é mais trabalhoso e menos lucrativo. Agora, além de ser mais rentável dá menos trabalho”, explica. Pai de três filhos, o floricultor diz que mantém sua família com a renda das flores e que tem casa e carro próprios.

E como bom produtor, Souza também é bom cultivador de flores. “Na minha casa sempre tenho flores. Gosto de presentear minha mulher, principalmente com orquídeas.”

Só no Mercado de Flores, Souza possui cerca de 100 clientes fidelizados que, em muitos casos, já chegam com suas listas de encomendas. “Enquanto separo os pedidos, eles tomam um café, que sempre trago para degustação”, conta.

Entre os produtos que Souza oferece estão girassol, lírios, lisiantos, rosas, copo de leite, gérberas e sacos de pétalas.

Fotos:
Legenda 1: Com 900 m², o Mercado de Flores é o maior do segmento no ABC
Crédito: Beto Garavello/ PSA

SERVIÇO:
Mercado de Flores
Funcionamento: Quartas-feiras e sábados, das 5h às 11h.
Local: Mercado de Flores, dentro da Craisa (Avenida dos Estados, 2.195, Bairro Santa Terezinha, Santo André).
Outras informações: (11) 4996-9500, ramais 2031 ou 2072


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *