Homens e mulheres a cada dia que passa procuram mais produtos de qualidade para que a sua beleza e sua saúde não corra nenhuma espécie de risco, por isso, a ANVISA deve estar sempre analisando as centenas de novos produtos de beleza que são lançados no mercado brasileiro.

Um desses produtos que a ANVISA está em constante análise são as Escovas Progressivas, pois esse produto já foi alvo de muitos comentários e polêmicas devido a diversas mulheres já terem passado mal após o seu uso.

imagem ilustrativa

Para que a Escova Progressiva seja aprovada pela ANVISA nos dias atuais é necessário que o produto não tenha formol. Foi feita uma lei que proibiu totalmente o uso do formol.

Algumas Escovas Progressivas que foram aprovadas pela ANVISA mesmo com 0,2% de formol foram:

Escova Inteligente que contém também queratina, chocolate e menta.

X-Tenso Thermoliss de L´oréal Professionnel que possui tioglicolato de amônia.

Escova Bio Lizz com cistina e papaína da Doctor Hair.

Escova Marroquina da Nouar que contém proteínas de seda, argila e cacau.

Escova de chocolate e avelã da Al Nature a base de tioglicolato de amônia sem cheiro.

Basta saber se a ANVISA vai reavaliar o uso desses produtos após a proibição do formol nos tratamentos para alisar cabelos.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *