Rede Social de Doadores de Sangue

Doadores de sangue ganham rede social própria

Rede Social de Doadores de SangueO Clube do Doador, rede social específica para doadores de sangue, une cidadãos com um interesse em comum: estimular a doação regular e salvar vidas

Milhares de pessoas em todo o mundo reúnem-se por meio das redes sociais em prol de objetivos comuns; por que então não usar a tecnologia para atrair doadores de sangue perenes? Foi com esse objetivo que acaba de ser criado no Espírito Santo o Clube do Doador, um projeto que visa enfatizar a importância e a responsabilidade na doação de sangue e incentivar a prática do doador frequente por meio da disponibilização de uma rede social exclusiva.

A iniciativa é do Criobanco Medicina e Biotecnologia, instituição capixaba que há 25 anos atua na área de hemoterapia (captação de sangue), fornecendo hemocomponentes para hospitais públicos e privados do Estado. “Quando se fala em doação de sangue, o mais importante é difundir a cultura do doador perene, contínuo. A prática da doação deveria estar incorporada ao dia a dia, e esperamos que com essa iniciativa as pessoas tornem-se cientes dessa necessidade”, ressalta a coordenadora de marketing do Criobanco, Marília de Mattos.

Para participar, basta acessar www.clubedodoador.com.br e fazer o cadastro. A partir de então, os integrantes passam a trocar informações e a relacionar-se com outros membros, além de acompanharem de perto as necessidades do estoque de sangue. O portal também possibilita que os participantes compartilhem suas histórias e que se ajudem mutuamente em campanhas em prol de parentes e amigos. Também disponibiliza informações gerais sobre doação e as principais dúvidas e mitos relacionados ao tema.

E para fazer parte não é necessário ser doador. O site permite agregar membros multiplicadores (aqueles participantes que não doam sangue por qualquer razão, mas simpatizam com a causa e querem ajudar na divulgação do clube) e membros doadores (participantes que se disponibilizam a comparecer para doar sangue ao menos duas vezes por ano).

Para esse grupo, a qualquer momento a instituição poderá convocar para uma doação, de acordo com a necessidade do estoque. Independente disso, eles também podem comparecer sempre que desejarem, bastando agendar suas doações via portal. A carteirinha do Clube do Doador tem validade de 12 meses a partir de sua emissão, sendo que deve ser substituída a partir da primeira doação após seu vencimento.

Para estimular e ampliar a participação de mais pessoas, o portal terá interface com outras redes sociais, como blogs e Twitter. E como garota-propaganda conta com a participação voluntária da campeã de bodyboard, Neymara Carvalho, símbolo de dedicação, sucesso e saúde.

Entenda o projeto Clube do Doador

A principal matéria-prima para o serviço médico de hemoterapia é o sangue de doadores. Tal medida representa uma segurança aos pacientes, mas reflete na dificuldade em se manter os estoques para o atendimento da população, seja nos casos de cirurgias eletivas, como também nos atendimentos de urgência e emergência em prontos socorros, UTIs e centros cirúrgicos.

Para que não ocorra falta de atendimento, os serviços de hemoterapia mantêm uma rede de trocas e empréstimos de hemocomponentes. Mas tal medida, que objetiva unicamente atendimentos de urgência e emergência, não é a mais segura para a sociedade. Os doadores, por serem voluntários, doam quando e onde quiserem, causando muitas vezes excesso de hemocomponentes e, consequentemente, descartes e a falta de sangue. Para agravar a situação, destaca-se o fato de que as variadas tipagens sanguíneas (ABO-RH) implicam geralmente em sobras de determinados tipos e carência de outros.

A saída para que se evite desabastecimento de sangue é a otimização da captação de doadores. Através de um clube de doadores, selecionados a partir das premissas de doação segura, pode-se contar com um grande grupo de doadores que serão convocados para manterem estoques mínimos de sangue por tipo sanguíneo.

1 thought on “Doadores de sangue ganham rede social própria

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *