Diferenças entre cartões de crédito e débito

É comum falar indistintamente sobre cartões de crédito quando se refere a um cartão bancário. Embora nem todos sejam créditos, às vezes é difícil saber se um cartão é de débito ou crédito. Portanto, neste artigo, mostraremos as diferenças entre cartões de crédito e débito.

O que é um cartão de débito 

Um cartão de débito é aquele em que compras ou transações bancárias são instantaneamente debitadas na conta bancária do cliente. Portanto, é essencial ter saldo suficiente no momento da operação porque, caso contrário, será negado.

– Utilidade: Os cartões de débito destinam-se a compras diárias, pois utilizam fundos existentes em uma conta bancária. Quando os fundos acabarem, o cartão não poderá mais ser usado.

– Método de pagamento: é cobrado diretamente na conta do proprietário. Somente a cobrança até o limite dos fundos da conta é permitida.

– Financiamento: Os cartões de débito funcionam como meio de pagamento e não como apoio financeiro.

– Interesses: Por não permitir o financiamento de compras, os cartões de débito não possuem interesses associados.

– Comissões: são mais baratas que o crédito. De fato, algumas entidades não cobram nada por elas. Além disso, a retirada de dinheiro dos caixas eletrônicos da entidade não implica nenhuma comissão.

– Condições: É necessário ter uma conta corrente na entidade que emite o cartão. Normalmente, há um limite diário para retirar dinheiro que é estipulado entre o banco e o cliente.

– Segurança: Eles têm menos medidas de proteção do que os cartões de crédito, ficando apenas com os fundos disponíveis na conta.

O que é um cartão de crédito ?

Um cartão de crédito não é apenas um meio de pagamento, é também uma forma de financiamento. Permite que as compras sejam pagas em parcelas mais tarde e, portanto, não é necessário que, no momento de fazê-las, haja dinheiro na conta bancária. 

Ao pagar com cartão de crédito, uma dívida é contratada com a entidade que deve ser paga dentro do prazo estipulado com o cliente.

– Utilidade: Eles permitem comprar em parcelas e geralmente têm descontos associados em muitos estabelecimentos.

– Forma de pagamento: O crédito pode ser pago de três formas:

  • No final do mês: Um dia estabelecido do mês seguinte ao mês em que a compra é efetuada. Normalmente, nenhum juro é cobrado.
  • Minimo: Uma porcentagem da compra é paga todo mês de acordo com as necessidades do cliente. Ela carrega altos juros.
  • Parcelado: Conhecido como “Parcelamento de parcelas”, este método consiste em pagar uma quantia fixa previamente acordada. Também carrega altos juros.

– Financiamento: O cartão de crédito uma forma de financiamento porque o banco empresta dinheiro para executar a operação bancária.

– Juros: cartões de crédito carregam interesses associados em suas operações. Em muitos casos, eles excedem 20%. Por esse motivo, você nunca deve usá-los para conseguir dinheiro. Nestes casos, você tem que fazer isso com um cartão de débito.

– Condições: Ao emprestar dinheiro antecipadamente, o banco estuda a viabilidade financeira do cliente antes de concedê-lo. Normalmente, dirigindo a folha de pagamento ou pensão. Além disso, você não pode ter restrição no seu CPF e seu cartão terá um limite de crédito previamente acordado no contrato do cartão.

– Segurança: Eles têm proteção contra fraude. O uso indevido de cartões de crédito pode causar um sério problema de endividamento.

Como você pode ver, as diferenças entre cartões de crédito e débito são notórias. Estude muito bem os prós e contras de ambos antes de contratá-los e você evitará aversões desnecessárias.

Fontes: Cartão Riachuelo, Consultar CPF,  Konkero.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *