A CIPA surgiu de uma recomendação da OIT (organização Internacional do Trabalho) em 1921 e transformou-se em determinação legal no Brasil em 1944, vinte e três anos depois.

Imagem Ilustrativa

Partindo do significado da sigla CIPA –Comissões Internas de Prevenção de Acidentes.

As empresas cujos número de empregados seja superior a 100 deverão providenciar a organização em seus estabelecimentos de comissões internas, com representantes dos empregadores, pra fim de estimular o interesse pelas questões de prevenção de acidentes para apresentar sugestões quanto à orientação e fiscalização das medidas de proteção ao trabalhador.

São 4 as partes envolvidas na CIPA; comissão grupo de pessoas conjuntamente encarregadas de tratar de um determinado assunto, interna seu campo de atuação está restrito à própria empresa, prevenção é o que define claramente o papel da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, acidentes qualquer ocorrência imprevista e sem intenção que possa causar danos ou prejuízos a propriedade ou a pessoa.

Imagem ilustrativa

 

O objetivo da CIPA é a prevenção de acidentes, porém visando maior esclarecimento, devemos socorrer-nos da Norma Regulamentadora (NR) 5, da Portaria nº 33 de 27/10/1983,baixada pelo Ministério do Trabalho:

Observar e relatar condições de riscos nos ambientes de trabalho; solicitar medidas para reduzir até eliminar ou neutralizar os riscos existentes, discutir os acidentes ocorridos, encaminhando relatório ao SESMT e ao empregador, solicitar medidas trabalhadores quanto à prevenção de acidentes.

Esses objetivos serão atingidos na medida em que a CIPA tiver atuação positiva, no interesse em resguardar a integridade física dos trabalhadores da empresa.

Clique aqui   para obter maiores informações.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *