Copa do Mundo 2014Reforma dos estádios para a Copa 2014 é tema de palestra na 1ª GREENBUILDING BRASIL – CONFERÊNCIA INTERNACIONAL & EXPO
Nas reformas e construções dos estádios brasileiros para a Copa do Mundo de Futebol de 2014, surge uma grande oportunidade para o País: ser o primeiro no mundo a realizar uma COPA VERDE, implantando técnicas sustentáveis em suas construções. O assunto será tema na 1ª GREENBUILDING BRASIL – CONFERÊNCIA INTERNACIONAL & EXPO, evento sobre construção sustentável, realizado pela Reed Exhibitions Alcantara Machado e GBC Brasil, que acontece na próxima semana, entre os dias 1 e 3 de setembro, na cidade de São Paulo, no prédio da Fecomércio.

Na apresentação do case “Copa 2014 – A oportunidade Green Building” os participantes irão entender como o uso de padrões sustentáveis pode ajudar quem busca financiamentos junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), além de reduzir os impactos ambientais e garantir retorno financeiro a curto prazo, com menores custos de água e energia na edificação e gestão dos empreendimentos.

“O BNDES, no sentido de promover uma copa sustentável do ponto de vista econômico e ambiental, criou dois programas: um para financiamento da construção e reforma dos estádios e outro para incentivar o setor hoteleiro para ampliar a qualidade e capacidade de hospedagem, ambos exigem que as edificações sejam mais sustentáveis e considerem elevados padrões de desempenho ambiental, inclusive exigindo certificações, como o LEED, Procel e NBR 15.40”, explica Anderson Benite, Diretor de Consultoria de Sustentabilidade do Centro de Tecnologia de Edificações (CTE) e responsável pela palestra que acontece no segundo dia do evento, às 9h45.

Alcançar o título de COPA VERDE está exclusivamente nas mãos do Brasil. Apesar das últimas Copas e Olimpíadas terem revelado estádios e centros de treinamento com tecnologias ambientais diferenciadas, principalmente os EUA, que já possui diversos estádios com certificação LEED (o principal selo da construção sustentável), a realização de uma COPA VERDE com todos os estádios e demais edificações verdes ainda não aconteceu.

“A 1ª GREENBUILDING BRASIL – CONFERÊNCIA INTERNACIONAL & EXPO está sendo realizada para impulsionar a construção sustentável no País. O crescimento é latente, e a COPA 2014 é uma oportunidade em vigor. Quem quer construir e investir para esse marco no Brasil vai encontrar na conferência o espaço ideal para entender como melhor aplicar e conseguir destaque no concorrido mercado da construção civil”, explica Márcia Coimbra, Gerente da Unidade de Negócios de Congressos da Reed Exhibitions Alcantara Machado


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *