31 de outubro - Dia das BruxasO encantamento das ‘Mulheres Bruxas’

Dia 31 de outubro – Dia das Bruxas (Halloween)

Escola do Feminino ensina ritual para o DIA DAS BRUXAS

Toda mulher tem um pouco de bruxa dentro de si. No próximo dia 31 de outubro, a Escola do Feminino (www.escoladofeminino.com.br) abordará em suas aulas e práticas a grande sabedoria das antigas tradições das ‘mulheres bruxas’.

As Instrutoras da Escola do Feminino, em diversas cidades do Brasil (SÃO PAULO, BELO HORIZONTE, BRASÍLIA, FORTALEZA, RIO DE JANEIRO) ensinam às mulheres como recuperar a auto estima, o encantamento e o mistério, e se tornarem mais atraentes, magnéticas e realizadas.

As mulheres bruxas da Idade Média foram queimadas na inquisição porque cultivavam intensa conexão com a natureza, tinham profunda intuição, mantinham a saúde plena e cultivavam o estado interno alegre e feliz.

Essas são as mulheres bruxas: intuitivas, magnéticas, atraentes, cheias de graça, que amam sem medo, criativas, leves e felizes. Bruxas, deusas, fadas, feiticeiras.

A ‘Escola do Feminino’ ensina um ritual para o Dia das Bruxas

Na antiguidade a mulher era próxima e conectada com a natureza e dela recebia grande poder. A terra é feminina, e nas tradições femininas a terra é representada pela mulher. A mulher pode se conectar e se comunicar profundamente com os elementos da terra, assim eram as tradições das sacerdotisas, xamãs, curadoras e bruxas. A mulher preparava as ervas, curava, harmonizava o lar, acalmava as tempestades, os vulcões…

Este conhecimento da antiguidade se perdeu, e a mulher atual muitas vezes sente perdida, sem forças, carente e fragilizada. Se sente inclusive incapaz de controlar a própria vida!

A essência da mulher a une com a vida e o objetivo deste ritual, oferecido pela Escola do Feminino, tem o objetivo de ajudar a mulher a se conectar e a se unir com sua força primordial.

Atenção: este ritual não deve ser feito para manipular pessoas, nem para atrair algo de interesse individual. Somente podemos pedir aquilo que vamos compartilhar!!

Melhor se realizado depois de duas horas sem se alimentar.

Ritual de Conexão com os elementos da natureza, Escola do Feminino

A mulher deve preparar um local tranquilo para fazer seu ritual. Pode a sala de estar, o quarto ou quintal.

Ela deve se vestir de branco de tal forma que se sinta bela e feminina.

Primeiro passo: a mulher deve dançar com leveza e se dirigir àquilo que ela considera a força superior: Deus, o Grande Espírito, Tao, Luz (da forma que ela conhece).

Após a dança, a mulher coloca quatro símbolos que representam os elementos da natureza no chão.

Ao norte, ÁGUA;

Ao sul, FOGO – através de uma vela acesa;

À leste, AR – representado por penas ou por incenso aceso;

À oeste, TERRA – representada por um punhado de terra ou por pedras.

** Cuidado para não misturar os materiais em suas devidas posições.

Deve haver espaço entre os símbolos para que a mulher possa ficar entre eles.

A mulher pára em frente de cada elemento, por alguns minutos, recebendo a qualidade de cada elemento:

Da Terra recebe prosperidade, beleza e estabilidade.

Da Água recebe juventude, sensualidade, adaptabilidade, flexibilidade.

Do Fogo recebe atividade, poder, brilho.

Do Ar recebe suavidade, leveza, harmonia.

Depois que meditou em frente de cada elemento, que silenciou e recebeu suas qualidade a mulher se posiciona ao centro, integrando todas as qualidades, todas os elementos, e então dirige sua atenção à um objetivo elevado. Quanto mais elevado o objetivo mais energia ela obterá.

Por alguns minutos a mulher visualiza seu objetivo, completamente, como se já o tivesse conquistado.

Ao final da visualização, a mulher deve sentir bem estar, alegria e satisfação. Este é um sinal de realização próxima deste objetivo.

Agradeça! Alegre-se! E mantenha sempre um altar com os elementos!!

Para mais informações ESCOLA DO FEMININO: www.escoladofeminino.com.br

SÃO PAULO: Informações/entrevista: Juliana Camargo (11) 8111-2892

BELO HORIZONTE: Informações/entrevista: Joelma Ribeiro: (31) 9109-4904 / (31) 3075-4816

BRASÍLIA: Informações/entrevista: Gabriele Oliveira: (61) 8165-7775 / (61) 3306-1588

FORTALEZA: Informações/entrevista: Michelle Ximenes (85) 8753-3003 e Maria Amélia (85) 3254-1505


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *